Arquivo do mês: dezembro 2005

sobre 2005: amores, amigos, andores.

A Isa foi pra Buenos Aires, e provavelmente esse é o último movimento relevante desse ano genial que foi 2005. Um ano que teve de tudo. Picos de alegria, a mais plena; profundos vales de tristeza, escuros e infinitos. Porque, … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

princesa ou rainha – de mim.

Nos meus sonhos eu a vejo, e mal consigo me conter – a vontade de tê-la é forte demais. No entanto, tudo o que tenho é a sua imagem refletida numa lembrança vaga, como são todas aquelas que teimam em … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

Poder (Thiago Neloah – 11.12.05) Posso Fechar os …

Poder(Thiago Neloah – 11.12.05) PossoFechar os olhos e sonhar? PossoTer prazer na brisa em meu rostoEm olhar no espelhoEm mexer no teu cabelo? Será que um dia podereiAcordar e saber que, à tarde,Te verei? Posso contar com seu gostoAntes de … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

Os Malvados (número 653)

Os Malvados (número 653)

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

A gente fica mais bobo nesses dias, não tem jeito….

A gente fica mais bobo nesses dias, não tem jeito. Portanto, pra evitar melado escorrendo pelas telas de computadores mundo a fora, limito-me a um singelo e sincero: Feliz Natal! =)

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

meu presente de natal.

Olá, Eu sou um geógrafo. Melhor. Estou estudando para me tornar um geógrafo. Legal, né? Não? Bom, eu acho. Nem sempre eu quis ser um geógrafo; antes, quando ainda um pequeno infante, pensava na remota possibilidade de ser motorista de … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

7ª Arte.

É uma discussão muito freqüente que eu tenho com algumas pessoas que conheço: eu não gosto de filmes que explodem. Não adianta. Já tentei assistir a vários deles, mas, definitivamente, não consigo. O que eu chamo de filmes que explodem? … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário