Arquivo do mês: setembro 2007

Ana e o Mar…

[com adendo] Eu ia ligar mas deu vergonha. Coisa besta, que não sei explicar. Se tento explicar, o frio na barriga aumenta e piora tudo. As mãos tremem e a voz desafina – um tormento de não saber onde pôr … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

‘Heima’

porque eu não vejo a hora… (PS: E aquele sorrisinho ali na direita? hehe…)

Publicado em recomendações do tio | 1 Comentário

modorra

São pedacinhos voando. São quatro horas, também. E está quente, muito quente. Parecem pedacinhos de papel. Grudam nas pessoas que suam enquanto vão passando. Aquele senhor precisou tirar dois ou três deles que ficaram em seus óculos. Ali próximo há … Continuar lendo

Publicado em dos pequenos devaneios | Deixe um comentário

dados

o bichinho sobe a parede, voa, cai alguns centímetros e torna a subir tudo de novo. pra voar e cair e subir. tudo de novo. e agora está aqui, olhando, curioso, o gigante que escreve, apaga e torna a escrever. … Continuar lendo

Publicado em dos pequenos devaneios | Deixe um comentário

renitente

faz de conta que o mundo tem três coisas importantes. faz de conta que você é uma dessas coisas e que as outras duas se dividem em mais duas e essas quatro em outras dezesseis. quem garante que não? duvido … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

Vespertine

A gente vai andando pela vida e… Ah, quanto drama. (Há dias não consigo escrever.) Vem chegando o show da Björk. Mês que vem. Preciso comprar o ingresso. Oitenta reais: 50% estudante, 20% cliente da Tim. Na Fnac de Campinas … Continuar lendo

Publicado em dos pequenos devaneios | 2 Comentários

Brincando.

Se ficar brincando com palavras é algo que sabe fazer, por que fugir? Brinque, misture. Finja brincar, finja misturar. Quem vai saber? Pior: quem vai se importar? Porque nesses dias a impressão é que não importa o que se diga, … Continuar lendo

Publicado em dos pequenos devaneios | 1 Comentário