Arquivo do mês: junho 2007

flashback

Eu devia estar escrevendo aqui, nessa página aberta de Word, um último trabalho para a faculdade, uma coisa qualquer… No entanto, passei horas lendo sobre SimCity num fórum, ouvindo os dois discos lançados pela MTV do Zeca Pagodinho e lembrando … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

cerveja gelada e gajas giras.

Nada mais agradável aos olhos do que alguém escrevendo em português lusitano. Se esse alguém ainda dedica algumas linhas a dissertar sobre sua visita ao Brasil, melhor ainda. Vivendo aqui, muitas vezes perdemos alguns detalhes, endurecemos a vista, ou prestamos … Continuar lendo

Publicado em recomendações do tio | Deixe um comentário

fama. pff…

Tá, ok, me chame de purista, chato, irritante, desconfiado, mala, piece of crap, o que for… mas eu não vou, repito, enfaticamente, não vou assistir aos shows de bandas indies que ficaram famosas. O Tim Festival desse ano tem anunciado … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours, recomendações do tio | 1 Comentário

caminhando…

Na última quinta-feira houve duas assembléias na Unicamp. Uma a geral, aberta a todos os estudantes da universidade e outra, mais modesta, destinada aos alunos do Instituto de Geociências. Decidiu-se pelo fim da greve no IG e pela continuação da … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

verbodesentristecimento [ou] alegrificando

Há tempos não passava um final de semana tão agradável. Fiz muitas coisas e ao mesmo tempo, parece que fiquei no meu canto, quieto, descansando. Cada vez mais entendo aquilo que dizem: descansar não é o ócio, é fazer algo … Continuar lendo

Publicado em dos pequenos devaneios, recomendações do tio | 6 Comentários

“Ulisses” – James Joyce.

Então, 16 de Junho. Parafraseando o Professor Idelber (que fez um post – como sempre faz, aliás – riquíssimo em detalhes e dicas): Viva Joyce! Viva a Irlanda! Salve, bebedores de cerveja de todo mundo! Aos bares, Guinness e odes … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

Gardel…

[…] El día que me quieras no habrá más que armonías, será clara la aurora y alegre el manantial. Traerá quieta la brisa rumor de melodías y nos darán las fuentes su canto de cristal. El día que me quieras … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours, recomendações do tio | 2 Comentários