Arquivo do mês: agosto 2005

adulto? quem? o de óculos? pff…

O menino que vinha andando resolveu ficar lá atrás. Decidiu e, portanto, decidido está: ninguém vai movê-lo – por mais que tente. Ele vinha andando pela rua quando viu de relance, meio sem querer, a fachada imponente da igreja (mas … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

flutuando, flutuando

Queria entender qual o motivo de eu sempre gostar das músicas mais curtas de todos os discos. Como agora, com o “18” do Moby. Essa música tem só 2:08 de duração – e é tão linda… The Great Escape I’ll … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

Lá fora a chuva ameaça cair, mas em mim, pra fora …

Lá fora a chuva ameaça cair, mas em mim, pra fora de mim, uma enxurrada de sentimentos inundou minhas palavras. O chão está todo molhado. E eu não sei se quero secar desta vez.

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

assim, de surpresa…

Sempre que posso ando nos carros olhando para fora pela janela de trás. As coisas parecem ser pegas de surpresa, como se elas se preparassem para serem vistas apenas pela frente, e quando o carro passa, quando a pessoa segue … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

amando. feliz.

A impressão que eu tive, no meio de tantas outras, foi a de que um pequeno tremor percorreu todo o meu corpo e que esse abalo mexeu com as estruturas da enorme parede que ficava entre meus olhos e meus … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

vapores de alegria

Há no ar um cheiro de não-sei-quê que me induz a encarar a vida de um jeito mais leve, menos definitivo. Mesmo a dor de cabeça que me consome os miolos não é, nem de longe, tão impossível de suportar. … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

ai ai…

“Das pequenas sutiliezas de que é feita a vida” ou “Quanta merda…” ou “O post das aspas”: “To be is to do. (Sócrates) To do is to be. (Sartre) Do be do be do. (Frank Sinatra)” “Se chiar resolvesse problema, … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário