o Thiago

O Thiago é um desafinado. Fica pelos cantos cantando baixinho, a vida inteira, e nunca aprendeu a cantar direito. Aliás, o Thiago é muito assim: faz tudo, mas sempre pela metade. E não se sabe muito bem por quê. Só é assim.

Fora isso, o Thiago é um jovem professor de Geografia, que ainda não se formou na faculdade e vai dando suas aulas sem registro e fora dos programas previdenciários brasileiros. Ele escova os dentes todas as manhãs. Exceto naquelas em que acorda só de tarde. Estão ficando raras essas manhãs-de-tarde. Tudo culpa da intenção do Thiago de se tornar um professor de Geografia. As aulas são sempre muito cedo, o que transforma as manhãs-de-tarde lembranças agradabilíssimas em uma memória que não prima pela qualidade. O Thiago esquece muito, tudo quanto é coisa – já chegou até a esquecer o seu próprio aniversário; e quando vieram cumprimentar, ele fez cara de “nah! eu sabia!”. Ele é jovem, mas esquece como se fosse velho.

O Thiago fala pouco quando está perto de pessoas que ele ainda não conhece. Depois se solta e até faz piadas bem sucedidas. Mas antes disso, fica quieto; pensando. Ele pensa muito, sabe? Pensa… Deixa de fazer coisas de tanto que pensa. Às vezes ele se irrita consigo mesmo. Às vezes ele só queria ter falado, ter beijado, ter chorado, ter tido…

O Thiago ama a língua que fala, com todas as forças e adora conseguir escrever utilizando as coisas certas dela que já conhece. Ainda erra e não se importa, mas prefere aprender. Gosta do que escreve, inclusive. Pensa que seus textos (que não chegam aos pés dos bons textos) têm uma cadência gostosa. Muita gente elogia e ele sempre fica vermelho, sem saber onde pôr as mãos.

Ele adora música e pessoas. Igualmente pessoas e música. Mas entende que as músicas precisam das pessoas pra existir. E pensa, sinceramente, que as pessoas sem música se tornam muito, muito chatas, com existências muito, muito sem graça.

Além disso, ele se acha um cara bacana. Ah! Ele diz “ora bolas”. Tem um profile bem freqüentado no orkut, um cachorro chamado João e fome nas horas mais inoportunas. Tem grandes amigos, também – que ele prefere não listar pra não cometer injustiças. Tem muitas neuroses – mas nenhuma psicose. Quer uma casa feita de vidro e de madeira, com um grande jardim e muitos cachorros com nomes próprios e sobrenomes. Não quer muito mais do que isso. Ah, sim, claro, já não faz mais questão do grande amor. (Mas ainda não tem certeza disso.)

E agora ele tem um blog no WordPress e se sente todo importante por isso.

=)

Anúncios

8 respostas para o Thiago

  1. Hugo disse:

    hahaha! muito bom! bem humorado e nada de melancolia. No ponto essa apresentação!
    Abraço, meu velho.

  2. wagnermoura disse:

    Ô Thiago, ter blog no wordpress é bacana mesmo! Ruim é que vicia. Abraço.

  3. Karen disse:

    Thi,

    1)Adorei! Essa apresentação é você diretinho!
    2)Pode ficar vermelho então… os seus escritos viraram um vício! E são muito bons!

    Beijocas,

    Karen

  4. Karen disse:

    Hum… direitinho tá? Errei…

  5. Tatiane disse:

    Olá Thiago,

    Encontrei seu blog durante uma pesquisa no google,
    gostei bastante dos seus textos… apresentação é um dos melhores.

    Parabéns…
    desculpe a invasão
    Tatiane

  6. Olivia disse:

    uh, andrew bird é muito bom. hip hip!

  7. Thiago,
    ando por aí vagando (clicando) sem rumo em blogs bons e ruins. Esqueço da maioria, lembro pouco de outros e absorvo o conteúde de muito poucos… o seu foi um deles.
    Acredito que um blog seja a extensão do comportamento, pensamento ou sentimento do autor, e se assim for, tenho a impressão que vc é uma ótima pessoa.
    Parabéns pelo blog!

  8. Pingback: Plaza Constitución / Hablar de ti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s