Arquivo do mês: abril 2007

Indo

Ubatuba: um pedaço do paraíso na Terra. Eu vou e só volto depois. Bom fim de semana e tal…

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

Fogo no céu…

Do alto de um morro, aqui em Pedreira, no fim de tarde desse domingo adorável.

Publicado em la comedie des jours | 1 Comentário

La Marche de l’Empereur

“A força de um documentário, com a fantasia de um conto.” São aves desajeitadas, lembrando de um passado distante, lutando contra o pior inverno do planeta, insistindo numa tradição… Uma tradição. Bicho tem tradição? Não sei. Há tempos procuro por … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | 2 Comentários

aniversário, amigos, dessas coisas…

Carta que eu enviaria a todos os amigos que lembraram do meu aniversário e mandaram seus bons desejos. Não sei como fazer isso, nem quero que vire um spam maldito. Fica aqui. Tomara que alguns leiam. _____________________________ Eu sempre lutei … Continuar lendo

Publicado em dos pequenos devaneios, la comedie des jours | 5 Comentários

23

17 de abril: dia de ficar mais velho. Dia de festejar a vida. Então vamos. =)

Publicado em la comedie des jours | 1 Comentário

“Chover (ou Invocação para um dia líquido)”

Estranha essa noite particularmente criativa. Tão estranha que prefiro terminar com ela sem cometer nenhuma imprudência. Se faço, arrependo depois – quando as coisas voltarem ao normal. Invencionice demais estraga tudo. Metade da culpa é do Cordel do Fogo Encantado. … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | 1 Comentário

no qual me desfaço, de novo.

O Marcelo Camelo (mas talvez o Rodrigo Amarante), do Los Hermanos, escreveu uma canção chamada “Além do que se vê” (está no terceiro disco deles, o ótimo sensacional Ventura), que começa assim – os seus três primeiros versos: Moça, olha … Continuar lendo

Publicado em dos pequenos devaneios, recomendações do tio | 1 Comentário