Arquivo do mês: janeiro 2005

Pfff…

Eu chamo Gabriel García Marquez de Gabo! Vamos! Chame você também! \o\ GABO! /o/ Anúncios

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

Patético

Ela foi uma moça bonita, oh, sim, muito bonita; daquelas que torcem pescoços e arrancam suspiros dos mais concentrados em seus meticulosos afazeres. Namorou um homem também bonito, com um rosto forte e altivo, que suscitava atitudes respeitosas assim que … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

Uma roda-viva, se me permite.

É questão de o tempo passar. Cada vez que essa história resolve mostrar-se verdadeira novamente, eu sou pego de surpresa. Mas, realmente, é, sempre, questão de o tempo passar. Meses atrás, quando minha namorada morreu, algumas pessoas falaram que, depois, … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

Trem das duas e quinze.

Eu serei obrigado a crer que o trem está atrasado, se antes de tudo acontecer, um apito mais longo e próximo não surgir. É impossível enxergá-lo do alto dessa montanha, apesar de os trilhos da linha passarem logo aqui em … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

Desenterrando

Teresinha de Jesus De um tombo foi-se ao chão Acudiram três cavalheiros Todos os três chapéu na mão O primeiro foi seu pai O segundo, seu irmão O terceiro foi aquele A quem Teresa deu a mão Da laranja quero … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

Eu ia, mas mudei de idéia, e não vou, não. Vou é p…

Eu ia, mas mudei de idéia, e não vou, não. Vou é pra minha cama… *** O Setecétera voltou essa semana. Hoje é meu dia. Fique à vontade pra conhecer.

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário

Ao elefante, o baobá!

É marrom, tem um manto azul cobrindo-lhe o lombo, um enfeite dourado na cabeça, olhos grandes, uma bela tromba e atende pela alcunha de Tobias, o elefante que sabia falar inglês. Minha mais nova aquisição, o Tobias. Sabe?, ele fica … Continuar lendo

Publicado em la comedie des jours | Deixe um comentário