E música

The Dø

(Link daquela porcaria de MySpace.)

Eu fujo do hype. Desconfio da unanimidade, do sucesso indiscutível, das multidões. E por isso, olhei com muita desconfiança pra essa dupla. Já na primeira resenha que li, eles eram apresentados como “a nova aposta” do mundo da música alternativa pra esse ano.

Mas não resisti. Baixei A Mouthful e descobri que não mentiam. Eu realmente não sei se esses dois (uma finlandesa, dona dos vocais, e um francês) são a esperança do mundo da música alternativa, no entanto, a música que fazem, cheia de experimentações, misturas (eu ouvi hip-hop, funk, soul, folk rock, uma pitada de música eletrônica, música em finlandês e percussão árabe e, pra fechar, lá no meio, um ukelele[?]), é muito, muito boa. Os vocais da moça, Olivia, variam demais e são tão surpreendentes quanto as experimentações.

É sem dúvida, uma ótima surpresa. Se 2008 continuar como começou, teremos um grande ano pela frente.

Um torrent do disco.

The Moldy Peaches

(Site oficial da banda.)

Essa banda está em recesso, num hiato desde 2004. É uma das bandas que encabeçam a cena “anti-folk“. Ninguém sabe exatamente o que isso quer dizer, especialmente porque uma banda após a outra inventa seus próprios argumentos. No entanto, se querem uma opinião: todas elas estão juntas no estilo “lo-fi“, ou seja, gravações quase caseiras de tão cruas. Mais ou menos como nas primeiras gravações do Iron & Wine (de quem já falei aqui), com a diferença de que o Sam Beam é, talvez, essencialmente folk rock.

Se no folk rock os temas são geralmente pesados e tratados com profundidade, as letras do tal “anti-folk” falam de qualquer coisa, irreverentemente. Coisas do cotidiano. Numa das músicas, um casal de namorados conversa num sofá, com um violão esporádico… Nada muito grave.

Uma música do Moldy Peaches, “Anyone else but you”, está na trilha do filme Juno, que estréia dia 1º de fevereiro no Brasil. É um ótimo exemplo do que será encontrádo na bolachinha. (Mas cuidado. Não é um disco que deixo na repetição infinita.)

Aqui, um torrent pro disco.

Radar Bros.

Descobri essa banda tarde, acho. Baixei o último disco — Auditorium, de 2008 — por indicação de algum dos blogs sobre música ali ao lado. Não me arrependi, de jeito nenhum. Há muito mais material, desde 1993, quando a banda se formou, em Los Angeles. As músicas são calmas, não ofendem os ouvidos — o vocal suave, arranjos redondinhos, o barulho dos dedos escorrendo pelas cordas dos violões… Música pra um dia ensolarado, com sorvete e fim de tarde bem acompanhado.

Comparado ao Moldy Peaches aí de cima, esse disco fica repetindo infinitamente. É um lindo disco.

Um torrent e um link pro último disco. (O link foi retirado deste post do blog Una Piel de Astracán.)

Fernanda Takai

Conheço apenas uma pessoa que não gosta do Pato Fu. Essa pessoa justifica o não gostar justamente pelo que o Pato Fu tem de mais bonito: a voz da Fernanda Takai. Não sei explicar o ponto de vista dessa pessoa, mas gosto é gosto — não se discute, apenas se lamenta.

Adoro o Pato Fu. É, nessa era pós-Los Hermanos, uma das minhas bandas brasileiras prediletas, entrando facilmente num hipotético Top 5. O último disco da banda, Daqui pro futuro, do ano passado, passa no teste da repetição (meu principal teste pra determinar a qualidade de um disco).

Também em 2007, a Fernanda gravou um disco com músicas interpretadas anteriormente pela Nara Leão. Composições de grandes nomes da música brasileira, que ganharam “nova roupagem”. Por mais que dizer isso pareça resenha paga, é a verdade. Os arranjos estão todos diferentes, nada é realmente como esperamos. Em “Debaixo dos caracóis dos seus cabelos”, um xilofone; em “Com açúcar, com afeto”, uma guitarrinha de fundo e tudo muito mais leve, apesar da letra; o chorinho “Odeon” tornado um quase jazz; em “Estrada do sol”, os pingos da chuva brilham mais, cantados pela voz macia da moça.

Delicioso o disco. Simplesmente delicioso.

Um link do disco (retirado deste post do blog Música Social).

Anúncios

Sobre thiago gonçalves

se tanto.
Esse post foi publicado em recomendações do tio. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para E música

  1. jumpsheol disse:

    incriveis recomendaçoes, gostei do seu blog, tem ate link pra download…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s