das (auto) surpresas…

Quem me vê sempre parado, distante garante que eu não sei sambar
Eu tô só vendo, sabendo, sentindo, escutando e não posso falar
Eu vejo as pernas de louça da moça que passa e não posso pegar

sabe o carnaval? deixa ele chegar…

(momento “nudez psicológica” patrocinado por francisco buarque de holanda.)

Anúncios

Sobre thiago gonçalves

se tanto.
Esse post foi publicado em dos pequenos devaneios. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s