das pequenas alegrias

Dancei – twist, rock, boogie-woogie, nada-certo, tudo-junto. Risadas ao pé-do-ouvido e tequila com tabasco. Cantei na frente de algumas pessoas. (Elogiaram minha voz e eu não soube onde colocar as mãos.)

Mas de tudo, o melhor foi ter brincado com os cabelos compridos e perfumados. Ela tem mãos pequenas e delicadas – feitas pra gente segurar com carinho. Foi bom sorrir sem perceber antes de dormir, também.

(Tenho medo das férias. Três meses iguais aos do ano passado e tudo o que vai sobrar de mim poderá ser recolhido numa mão feita em concha. Fica ainda mais assustador porque eu já sei como é difícil.)

Anúncios

Sobre thiago gonçalves

se tanto.
Esse post foi publicado em la comedie des jours. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s