Party Time

Cinco dias de músicas estranhas que me obrigarão (oh!) a meses de completo isolamento de qualquer estilo que não o meu próprio, com meu rocks sem guitarras, minhas vocalistas em meio a homens e suas primeiras vozes potentes – mas quase irrelevantes assim que elas entram em cena -, sotaque inglês/escocês do bom… Quero dizer, serão meses dificílimos.

Carnaval em Ubatuba. Foi o máximo. Se eu dancei músicas estranhas? Oh, sim. E muitas outras que não combinam com a festa de Momo. Minha perna direita está avariada para sempre, creio eu. Das 23h00 até as 05h30 – sem parar.

E posso dizer? Não vejo a hora do Skol Beats voltar. (Quase tanto quando quero o “Tim Festival” e o “Claro q é Rock”.) \o/

Escrevo isso ouvindo Delgados (“Accused of Stealing“). Se você gosta de rock sem guitarras estridentes e (às vezes) desnecessárias – vejo pedras a caminho – vá descobrir esses caras. De Glasgow, claro. Aquela cidade deve ser uma maravilha. Já ouço umas dez bandas de lá, cada uma melhor que a outra, e ainda tem tanto pra descobrir…

Anúncios

Sobre thiago gonçalves

se tanto.
Esse post foi publicado em la comedie des jours. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s