Tá, agora que já passou a onda Referendo (e que a …

Tá, agora que já passou a onda Referendo (e que a merda está feita), posso dizer uma coisa que tem-me feito dar pulinhos de alegria. É simples, não é inédita e trata-se de uma analogia das mais pobres – ou seja, daquelas que eu mais sei fazer.

*limpa a garganta*

Estar apaixonado é como poder comer
doce-de-leite* infinitamente, sem nunca, nunca enjoar.

Eu achei que com o tempo a coisa esfriaria, que o doce perderia a graça ou que seria “como das outras vezes”, mas qual o quê! É cada vez melhor e cada vez num pote maior. Nham!

He.

* Mas pode ser qualquer outra coisa.

Anúncios
Esse post foi publicado em la comedie des jours. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s