Pela CPI dos Bispos

Malas de dinheiro surgindo por todos os lados. Podia calhar de algum bispo vir fazer-nos uma cordial visita e acabar esquecendo uma ou duas aqui em casa. Sete malas. 11milhões de reais. Mas, veja, são reais, não constitui crime contra o sistema financeiro. Só falta explicar de onde veio, pra onde ia, por que não foi declarado…

Disseram que são doações de fiéis. E o pior é que disso eu não duvido. Os fiéis evangélicos, aquele pessoal que levanta os carnês para serem abençoados nos cultos do bispo R. R. Soares (cuja denominação me escapa agora), doam mesmo. Passam fome, mas doam.

De tudo, o mais engraçado foi ver o bispo João Batista, dono das malas e da Igreja Universal, assumindo a total responsabilidade pelo traslado da fortuna. Seria muito divertido ver o querido Bornhausen se explicando em alguma CPI, Congresso a fora.

Já que denúncias estão na moda, quem sabe algum manda-chuva lê esse blógue e inventa de ir pra tribuna pedir por minhas vontades…

(:::)

Doses diárias de João Gilberto dizendo que “desde que o samba é samba é assim” e que a “tristeza é senhora” fariam desse um mundo muito mais calmo. Tenho dito.

Anúncios

Sobre thiago gonçalves

se tanto.
Esse post foi publicado em la comedie des jours. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s