Todos, todos eles.

“Todo mundo que tem câncer bebe água, portanto, o problema só pode estar na água”. Uma generalização. Dizem que foi o Paulo Maluf quem disse – chamam até de raciocínio malufista -, mas eu não garanto; de qualquer forma, deixo as aspas ali. Burrice, né? Oh, sim, burrice. Imensa. Inominável. Nojenta. É, nojenta. Generalização nojenta.

Pois é.

O engraçado é que se briga tanto, se xinga tanto, sobe-se tantos degraus pra que se possa afirmar com indubitável correção e determinada convicção estar acima da escumalha e depois, num deslize, sim, só pode ter sido um deslize, repetir, num tom literato, letrado, indiscutivelmente melhor que todo o resto, o mesmíssimo equívoco tão patético.

Mas, é.. que se vai fazer?

Anúncios

Sobre thiago gonçalves

se tanto.
Esse post foi publicado em la comedie des jours. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s