Desenterrando

Teresinha de Jesus

De um tombo foi-se ao chão

Acudiram três cavalheiros

Todos os três chapéu na mão

O primeiro foi seu pai

O segundo, seu irmão

O terceiro foi aquele

A quem Teresa deu a mão



Da laranja quero um gomo

Do limão quero um pedaço

Da morena mais bonita

Quero um beijo e um abraço

***

Alguém quer assistir “Closer” comigo? Se não, tudo bem.

***

Chove aos cântaros lá fora. Além de lá fora estar chovendo muito, aqui dentro eu estou ouvindo o disco “The Bends”, do Radiohead. Acabou de começar “Fake Plastic Trees”. Se existe alguma coisa no mundo da qual eu sou fã desavergonhadamente, essa coisa é o Radiohead. Não é a única coisa. Eu também sou fã incondicional de dias e noites chuvosas (como hoje); de alguns filmes (os comuns, aqueles que muita gente também gosta); de alguns escritores e autores; de algumas pessoas… enfim, não importa. O que importa é que está chovendo lá fora e aqui dentro acabou a música dos ingleses. Mais aqui dentro, bem mais dentro, está tudo meio confuso ainda, tudo meio bagunçado, meias e cuecas por todos os lados, esperando alguém pra ajudar a arrumar. Se alguém fotografasse por dentro, veria só um grande buraco. Está na “Just”, já. Era pra ser um texto rápido.

Anúncios
Esse post foi publicado em la comedie des jours. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s